DT Sniper Review

Published On 30 de Agosto de 2012 | By admin |

Hoje na benchx temos para review o DT Sniper, um novo bloco no mercado vindo diretamente dos USA produzido por uma companhia que tenta encontrar o seu lugar no mercado, vamos a ver que surpresa nos reservam!

O DT Sniper surge no mercado como o irmão mais novo do DT 5 Noz, anterior bloco da DT Waterblocks sendo o seu objectivo o de manter a performance e reduzir custos.

Esta sample foi fornecida pela DT Waterblocks, obrigado !

Primeira olhar: 

De topo

 

Base

 

Outras vistas

        

 

 

Um topo feito de acetal a que se junta uma base de cobre com uma convexidade para melhor se adaptar aos CPU’s intel aos quais se destina.

DT Sniper

Irão notar algumas coisas em comum com o 5noz, trata-se na verdade de um desenvolvimento mais profundo do conceito. Este bloco começou como um estudo para melhorar a placa de injecção do 5noz, no entanto o resultado final foi um bloco completamente novo. Também fiz bastantes alterações para reduzir o custo e aumentar a funcionalidade.

Vão notar que o topo deste bloco é uma peça única de acetal, reduzindo consideravelmente o custo em relação ao 5noz. Enorme espaço entre as portas, não sendo de esperar problemas de compatibilidade com os diversos conectores. Os parafusos de aperto fácil são suficientemente caros que posso construí-los eu mesmo, estes têm uma abertura de 12mm e podem ser apertados com uma chave de cachimbo se assim o desejarem, mas são bastante fáceis de rodar com os dedos. A rosca interna M4 dos parafusos acaba no topo dos parafusos de montagem da placa mãe quando as molas estão devidamente comprimidas, controlando assim a pressão de montagem.

original em xtremesystems

 

DT Sniper é um bloco de baixo custo mas mesmo assim com uma performance remarcável. O bloco é construído tendo o mesmo princípio de injector que o DT 5noz, no entanto só tem 3 aberturas, está feito para funcionar exclusivamente em processadores intel utilizando os sockets 775, 115x, 1366 e 2011.  A base é curvada ( convexa ) para funcionar correctamente com a geometria dos processadores intel. O DT Sniper é constituído por um topo, um injector e a base, esta última é feita de uma liga 110 de cobre com micro-canais. O topo incluí uma reentrância para o anel vedante, furação para as placas-mãe intel, roscas G1/4 e as portas de entrada/saída. O injector é feito de uma liga 360 de bronze.

original em DTwaterblocks website

Fotografias da parte interna:

Pormenor dos micro-canais, 36 no total com uma qualidade de fabrico acima da média.

A inovadora placa de injeção que permite altos fluxo

 

Teste do fluxo:

Para este recorremos a um medidor de fluxo Koolance FM17N e variamos a velocidade das duas bombas MCP-35X que estamos a utilizar [ 10%;  25%; 50% e 100%].

Sem dúvida um dos blocos com maior fluxo que tivemos o prazer de testar e um fator a considerar a quando do planeamento de um sistema de arrefecimento a água.

 

Teste de temperaturas:

Os nossos testes têm como principio serem o mais precisos possíveis, obtendo assim resultados fidedignos e facilmente reproduzíveis. Apesar de reconhecermos que a inclusão de gráficas no circuito de testes possa não ser consensual, pensamos que estas não irão influenciar o resultado final pois apesar de adicionar restrição e algum calor ao circuito estes serão constantes em todos os testes. Outro ponto a favor é que com estas estaremos mais próximos de um circuito real.

  Sistema de testes
  • ASRock Fatal1ty Z77 Professional
  • 3770k overclock to 4800Mhz with 1.38v
  • Samsung SFF 30nm 2200Mhz 10-11-11-12 1.55v
  • 2x AMD HD7970
  Arrefecimento:
  • MagiCool Slim 360, FeserXChanger 360, Thermochill TA120.3
  • 12x GentleTyphoons AP15 @ 1850rpm
  • DT Sniper
  • 2x EK FC7970
  • Artic Cooling MX-2
  Equipamento de medida
  • T-Balancer BigNG
  • Dois termístores acoplados a um tubo de cobre
  • CoreTemp a registar as temperaturas a cada 1segundo.
Condições do teste

Para colocar o processador com carga a 100% em todos os núcleos usamos a versão 64Bits do prime95, correndo um teste personalizado a 8K. O teste é corrido durante 30min dos quais os primeiros 10min são cortados para dar tempo ao circuito de atingir um ponto de equilíbrio. Os resultados irão ser apresentados como uma diferença entre duas temperaturas, temperatura média dos núcleos do processador menos a temperatura média da água. Depois do teste o bloco é remontado,com uma nova aplicação de massa térmica, tendo como objectivo obter um resultado final mais aperfeiçoado. Este processo é repetido cinco vezes.

Tabela de temperaturas

Gráficos de temperaturas

Conclusão:

 

Performance (50% do valor final): 7.5

Em termos do fluxo de água trata-se, sem dúvida, de um bloco de topo (10), no entanto no que toca às temperaturas obtidas confesso que estava à espera de um pouco mais, não se tratando de um mau bloco está na média.

Custo/Disponibilidade (20% do valor final): 5

Com um custo de cerca de 54€ , encontrando no mercado blocos com performance similar a um preço mais competitivo e tendo em conta a sua baixíssima disponibilidade na Europa, a maneira mais fácil de o adquirir passa por o importar dos EUA o que obviamente acarreta custos, é um dos pontos fracos deste bloco.

Qualidade de construção (20% do valor final): 9

Com uma excelente qualidade de construção a todo o nível, desde os micro-canais ao topo passando também pela base temos só a lamentar a espessura da mesma pois, ao contrário do seu irmão mais velho, peca na quantidade de cobre utilizado.

Estética (10% do valor final): 9

Um bloco com aspecto sóbrio e compacto. Tem a opção de personificar o topo por um custo extra de 16€.

 

Resultado final: 7.5

  

 

One Response to DT Sniper Review

  1. Ming@s says:

    Boa Review, tem um aspecto lindo mesmo.

    Brutal.

    Abraço

Responder a Ming@s Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *