MSI Z77A-G45 Gaming

Published On 8 de Maio de 2013 | By Billy-The-kid |
Overall Score
83.4 %

Performance 85%
Qualidade de construção 78%
Overclock 75%
Design 89%
Preço 90%

.

.

.

.

Hoje temos para análise o primeiro modelo da MSI da série Gaming!

Estamos a falar da MSI Z77A-G45 Gaming, como o próprio nome indica é a nova série da MSI vocacionada para jogadores!!

A Gaming oferece-nos o que já era possível encontrar na sua antecessora Z77A-G45 e ainda um placa de rede Killer E2200 e uma sound blaster cinema!

Especificações e caraterísticas

  • Supports 3rd Gen & 2nd Gen Intel® Core™ / Pentium® / Celeron® processors for LGA 1155 socket
  • DDR3-3000 (OC) Memory
  • USB 3.0 + SATA 6Gb/s
  • Killer Ethernet: Kill Your Lag
  • Military Class III: Top Quality & Stability
  • OC Genie II: Overclock in 1 Second
  • Click BIOS II: World’s 1st UEFI and Software Graphical User Interface
  • PCI Express Gen 3: World’s 1st PCI Express Gen 3 Motherboard Brand
  • Multi-GPU Support: NVIDIA SLI & AMD CrossFire Support
  • Sound Blaster Cinema: Realistic Surround Sound Experience
  • Gaming Device Port: Optimized with Triple Gold-plating for High Frequency Gaming Devices
  • Total Fan Control: Optimize All Fan Speed As You Wish
  • Lucid Virtu MVP: Uncompromised Game Response Performance

CPU 
• Supports 3rd Gen Intel® Core™ i7 / Core™ i5 / Core™ i3 / Pentium® / Celeron® processors

for LGA 1155 socket

Chipset
• Intel® Z77 Chipset

Main Memory
• Support four DDR3 DIMMs 1066/1333/1600*/1866*/2000*/2133*/2200*/2400*

/2600*/2667*/2800*/3000*(OC) DRAM (32GB Max)

Supports Dual-Channel mode * To support DDR3 2200*/2400*/2600*/2667*/2800*(OC),

you must install an Intel 22nm CPU

Slots

• 2 x PCIe 3.0 x16 slots

• 1 x PCIe 2.0 x16 slot –  PCI_E7 supports up to PCIe 2.0 x4 speed

• 4 x PCIe x1 slots

On-Board SATA
SATAII controller integrated in Intel® Z77 chipset 

Up to 3Gb/s transfer speed. – Supports four SATAII ports (SATA3~6) by Z77
SATAIII controller integrated in Intel® Z77 chipset – Up to 6Gb/s transfer speed.

Supports two SATAIII ports (SATA1~2) by  Z77
• RAID – SATA1~6 support Intel® Rapid Storage Technology

enterprise (AHCI/ RAID 0/ 1/ 5/ 10) by Intel® Z77

USB 3.0

• 4 x USB 3.0 ports by Intel® Z77 (rear x 2, front x 2)

Audio 
• Chipset integrated by Realtek® ALC892 – Flexible 8-channel audio with jack sensing

Compliant with Azalia 1.0 Spec

LAN 
• Supports one PCI Express LAN 10/100/1000 Fast Ethernet killer E2205

Internal I/O Connectors

– ATX 24-Pin power connector – 8-pin ATX 12V power connector

– CPU x 1 / System x 4 FAN connectors

– 1 x Clear CMOS jumper – 4 x Serial ATAII connectors

– 2 x Serial ATAIII connectors – 3 x USB 2.0 connectors – 1 x USB 3.0 connector

– 1 x Serial port connector – 1 x TPM Module connector – 1 x Front Panel Audio connector –

1 x Front Panel connector – 1 x Chassis Intrusion connector

Back Panel I/O Ports

– 1 x PS/2 keyboard/ mouse port – 1 x Clear CMOS button – 1 x Coaxial S/PDIF-out port

– 1 x Optical S/PDIF-out port – 4 x USB 2.0 ports

– 2 x USB 3.0 ports – 1 x 6 in 1 audio jack

– 1 x HDMI® port with max. resolution up to 1920×1200 @60Hz

– 1 x DVI port with max. resolution up to 1920×1200 @60Hz

– 1 x Gradphics Card port with max. resolution up to 2048×1536 @75Hz
MSI Reminds You…

• HDMI, DVI-D & Graphics Card ports support dual-display function by

any two output ports (HDMI+DVI,DVI+VGA or VGA+HDMI).

BIOS

• The motherboard BIOS provides “Plug & Play” BIOS which detects the peripheral devices and

expansion cards of the board automatically.

• The motherboard provides a Desktop Management Interface(DMI) function which records

your motherboard specifications.

Dimension

• 304.80cm(L) x 243.84cm(W) ATX Form Factor

 

Mounting• 9 mounting holes.

A caixa na qual a Gaming nos chega apresenta um novo look  bastante agradável tanto à vista como ao toque, apesar de apresentar uma dimensão não muito generosa, temos o sentimento de robustez. Claro que não podia faltar o logotipo da Gaming Series e o dragão em grande plano. Na retaguarda e como já é habitual em todos os modelos, são apresentadas as principas características, sendo dada especial enface ao Killer E2200!

 

O modelo em análise apresenta-se bastante limitado no que se refere aos acessórios, sendo que apenas disponibiliza o essencial! Para além dos manuais “user guide”, o nosso modelo traz 2 cabos sata3, back plate  e  o já habitual e obrigatório cd com os drivers e muito software útil!

 

Estamos perante uma board socket 1155, a aposta da intel para pc de gama média! No que respeita ao cpu que vamos usar no nosso teste, vai ser um Intel I7 3770k, que nos disponibiliza 4 cores, 8 thread´s, 8 megas de cach, que vai ser aliementado por 4 fases reguladas pelo uP1618A.

 

 

O nosso modelo vem equipado com novo chipset Z77, que nos dias que correm já se torna bastante conhecido e sem grandes mistérios.

No que respeita a memórias, podemos contar com 4 slot´s, que suportam até 32gigas de DDR3 Dual channel, podendo ir além dos 3000mhz quando em overclock e claro dependendo do imc do nosso cpu, sendo que é corrente encontrar cpu´s a permitirem mais de 2800mhz!

 

Referente à versatilidade de placas gráficas podemos contar com 3 slot´s pci-e 16x, sendo que as primeiras duas são pci-e 3.0 e a última 2.0, a gaming permite-nos a utilização tanto de crossfire como sli.

 

Temos disponíveis 6 portas sata internas, sendo 2 delas sata 3 controladas por z77 e as restantes 4 sata 2, também controladas pelo chipset. Ao lado das nossas portas Sata encontramos uma porta de USB 3.0.

 

No que respeita a placas de rede, vem equipada com uma gigabyte Killer E2200, que surgem, como é normal, no painel traseiro junto com 6 portas usb, sendo 4 delas usb 2.0 e as restantes 3.0, uma porta PS/2 para um teclado ou rato, um botão clear CMOS, uma porta coaxial e optical S/PDIF, seis portas de audio, uma porta HDMI, uma porta DVI e por fim uma porta VGA.

 

Como já acontecia na GD45 “reference” podemos contar com uma série de pontos de leitura de voltagem, que apesar de não ser de fácil utilização, não vimos necessidade de mais, considerando que estamos a falar de uma board virada principalmente para gamers onde o overclock utilizado tem de apresentar bastante estabilidade, não recorrendo a overclocks extremos.

 

A nossa GD45 Gaming para além das 6 portas usb no painel trazeiro e da expansão de portas usb 3.0 temos ainda mais 3 expansores de portas usb 2.0 e ainda, embora para a maioria já se encontre em desuzo, temos ainda a possiblidade de utilizar uma porta serie, sendo que apenas um número bastante reduzido de dispositivos a utilizem nos dias que correm.

 

Aqui está a principal caratecistica da Gaming e o que a diferencia das restantes séries da MSI, estamos a falar da placa de rede Killer E2200 que segundo o fabricante elemina lag e ping, dando prioridade aos jogos.

 

A série Gaming vem para o mercado com um look próprio e diga-se que está bastante bem conseguido, com um bom jogo de cores e qualidade de acabamento suberba apresentando pormenores “de se lhe tirar o chapéu”, pode-se reparar que o cooler dos mosfets apresentam a forma da cabeça do dragão que é a “masquote” da série Gaming!

 

Como ja vem sendo habitual desde a série big bang da MSI, as board vêm equipadas com uns led´s que nos indicam a utilização das fases, permitindo quase de imediato verificar se o nosso cpu está em carga.

As lanes das pci-e 16X são asseguradas pelo Asmedia asm1480!

De referir ainda que o cooler do chipset a par com os coolers dos mosfets encontram-se bastante bem conseguidos e de igual qualidade!

 

 

A placa de rede inteligente Killer E2200 foi contruido para oferecer o máximo desempenho em jogos online e streaming de mídia em alta qualidade. Com o Advanced Stream Detect ™, Killer E2200 automaticamente deteta e acelera o tráfego de jogos colocando à frente do outro tráfego de rede. Com esta priorização de tráfego exclusivo, os jogos bem como aplicações em streaming têm prioridade sobre as outras aplicações de baixo nível, o que lhe dá menor latência para os  jogos.

 

Querem mais FPS, menor ping, porque usa um mouse pro-gaming com os padrões antiquados? MSI Gaming Porta é otimizado para ratos de alta taxa de votação (500 a 1000 Hz), o que reduz o tempo de resposta do rato de 8 milissegundos a 1 milésimo de segundo! Isto dá uma resposta muito mais suave do rato em jogos. O revestimento de ouro adicional nas portas aumenta drasticamente a durabilidade e garante que o seu PS/2 e portas USB estão sempre no seu desempenho máximo.

 

Componentes Militar Classe III é o passo seguinte em componentes de alta qualidade. O Super bobines Ferrite e capacitadores sólidos irá garantir que seu PC corre o mais estável sob condições extremas de jogos.

A MSI implementou o botão OC Genie II, revolucionário, simples e rápido! Basta pressionar o botão OC Genie na board, ou ativar a função OC Genie no menu BIOS (MSI Z77A GD45 Gaming) e o desempenho do sistema será incrementado automaticamente!

 

Ouça seus inimigos perfeitamente, mesmo num campo de batalha altamente ruidoso. Graças a Sound Blaster Cinema, podemos receber som surround incrível apenas  com auscultadores estéreo. Os mais importantes efeitos sonoros do jogo são reproduzidos cristalinamente, permitindo que nos concentremos no jogo, mesmo durante sessões de jogo extremamente longas.

 

Bios

No que respeita à bios da nossa Gaming, ela viu o seu esquema de cores alterado para os tons que estão associados a sua série, para além disso foi adicionado ainda o respectivo logotipo. Para quem já havia mexido em bios das MSI não irá haver qualquer problema de adaptação, pois tudo permanece bastante semelhante ao que já era habitual.

De referir a falicidade com que se activa a OC Gene II mesmo quando não temos o botão fisico, sendo que esse apenas é disponibilizado na GD65 da série Gaming como já acontecia na série “reference”. Quanto às actulizações de bios temos várias formas de o fazer sendo possível até recorrer a um live update.

O menu Browser que já vinha de outras versões muito raramente se  fala sobre ele, mas desta vez vamos explicar de forma mais concreta do que se trata! Esta opção abre uma sessão em Winki (linux) onde temos disponível um browser,  o skype entre mais umas quantas opções, pena ser necessário ter o windows instalado com drivers para a utilizar!

Não queriamos deixar passar em branco a opção HDD Backup que apesar de não a termos utilizado parece-nos que é uma mais valia bastante útil!

 

 

Apresentação do sistema utilizado

CPU: Intel I7-3770k@4500mhz

Board: MSI Z77-A G45 Gaming

Memorias: 2x4gb Corsair Platinium 2400mhz cl9@ 2666mhz

Gráfica: Asus Matrix 7970 Platinium

PSU: Antec HCP 1200w

Cooler: Corsair H80

De forma a verificar o funcionamento do OC Gene II e tentar exclarecer algumas duvidas que ainda existem “agarramos” no nosso sistema e arrancamos com tudo em default e seguidamente apenas fomos à bios e ligamos o OC Gene II. Para além de ajustar o multiplicador do CPU para 42x ainda vimos alterado também o divisor das memórias para 2133mhz, julgamos importante referir que não foi aplicado o xmp uma vez que as memórias utilizadas vêm com o xmp a 2400mhz!

Disponibilizamos ainda o screen do Control Center com todos os settings utilizados durante os testes práticos, sendo de referir que as voltagens utilizadas podem sofrer variações de sistema para sistema.

 

Testes práticos

Para testarmos a performance do nosso modelo utilizamos os diversos software de benchmark´s, sendo que nos mais vocacionados para 3D apenas corremos os testes que medem o desempenho proveniente do cpu+memórias, a nossa opção deve-se ao facto de já possuírmos valores obtidos por outros modelos, sendo assim possível estabelecer uma camparação com mais rigor no que respeita à performance. Os driver´s utilizados bem como os utilitários foram os disponibilizados no cd que acompanha a board.

 

Para análise da placa de rede foram utilizadas três placas diferentes,  sendo elas a Killer E2200, Broadcom BCM57781 e Realtek RtL8102E, para garantir a conectividade foram utilizados dois switch, um de 10/100Mbps (Surecom EP-805SX-C) e um outro de 10/100/1000Mbps (TP-Link TL-SG1005D).

Por forma a se verificarem as diferenças foi utilizado o software JPerf 2.0.2 – Network performance measurement graphical tool!

Killer E2200/Surecom EP-805SX-C/Realtek RtL8102E (10/100Mbps)

Broadcom BCM57781/Surecom EP-805SX-C/Realtek RtL8102E (10/100Mbps)

Killer E2200/Surecom EP-805SX-C/Broadcom BCM57781(10/100Mbps)

 

Killer E2200/TP-Link TL-SG1005D/Broadcom BCM57781(10/100/1000Mbps)

Para além do referido fomos ainda explorar com um pouco mais de detalhe o software fornecido com a nossa Killer. Agradou-nos bastante algumas funcionalidades de relevo, tais como a definição de prioridades, monitorização da largura de banda da internet em tempo real e a permissão de restringir a largura de banda em função do programa que se está a correr!

 

 

Como já se torna comum em todos os fabricantes de board e diga-se que a MSI está entre eles como um bom exemplo, tem sido prática comum o desenvolvimento de software próprio que permite a alteração das configuração dos settings “on fly”. A MSI disponibiliza-nos o Control Center, software esse que permite alterar voltagens, timmings de memórias, bclk, multiplicador, activar o OC Gene II,  entre outras funções. Permite ainda a monitorização de temperaturas e disponibiliza um menu intitulado de Mobile Control.

A MSI ajustou o seu Control Center ao esquema de cores da série Gaming dando-lhe um toque mais personalizado.

Falemos então um pouco mais do Mobile Control! Esta funcionalidade já vinha de outros modelos da MSI porém acho que ainda não lhe foi atribuido o valor devido! O Mobile Control oferece a possibilidade de utilizarmos um telemovel (Iphone no nosso caso) para alterar os setting´s da bios mas não só… temos a possibilidade de o usar como remote controle de Media center, estando até disponível a possibilidade de desligar o pc ou fazer reboot! Esta função estabelece a conectividade atravéz de rede pelo que se torna essencial que ambos os dispositivos estejam em rede… porém também oferece a vantagem de termos como alcançe máximo a nossoa rede de wireless, permitindo-nos controlar por exemplo as temperaturas mesmo sem ser necessário estar ao pé do nosso PC!

Para colocar a funcionar basta ir a Appstore fazer pesquiza por MSI e logo ele vai aparecer…. basta então instalar e meter o ip do pc onde temos a Gaming e já está!!!

     

    

Apresentações feitas das ferramentas que temos para overclock vamos então aprofundar mais esse tema. O nosso modelo vê-se que não foi desenhado a pensar em grandes overclocks, veja-se isso pela utilização de apenas 4 fases, opção essa que pode originar grandes aquecimentos quando se utlizam voltagens mais altas. Mas verdade seja dita, quem quer ter uma máquina fiável e que garanta a estabilidade em qualquer situção não irá recorrer a voltagens muito altas, metendo em causa a estabilidade do sistema.

No que respeita a memórias não tivemos grandes dificuldades em meter as nossas Corsair Domintor Platinium 2400mhz cl9 a mais de 2666mhz, valor esse que tem sido o que correntemente temos conseguido com este kit em outros modelos analisados.

No que respeita a temperaturas a Gaming apenas nos oferece mais um sensor para além do que se encontra no socket… não permitindo com grande precisão determinar até que ponto os novos cooler´s cumpre a sua função mas, ainda assim, importa referir que a temperatura do Sistema esteve sempre abaixo dos 35ºc!

 

A MSI criou uma nova série e fê-lo vocacionada para os Gamer´s e parece-nos que o fez bem!!

O modelo em análise revelou-se bastante consistente e notamos a maturidade de quem já trabalhou bastante a aperfeiçoar bios! Já nos tinham passado pelas mãos outros modelos da msi baseados no mesmo chipset, sendo que é bastante notória a evolução e maturação que tem vindo a sofrer!

Não nos deparámos com incompatibilidade nem com dificuldades em meter a nossa máquina a correr tudo na perfeição, não tendo sido encontradas dificuldades em utilizar os 2666 MHz nas memórias.

No que respeita à performance e com base nos testes já executados em outros modelos, podemos dizer que este modelo não é dos que oferece maior performance dentro do chipset Z77, mas temos de ter em atenção que estamos a falar de uma gama média não sendo exigível a mesma performance de uma gama alta, mas claro que tal diferença não é notória “à vista desarmada”!

Ao nível da qualidade de construção, este modelo parece-se bastante com a sua irmã mais velha Z77A GD45 apresentando-se com novos dissipadores de cooler nos mosfets e chipset num esquema de cores bastante atrativo e bem conseguido!

No que respeita à capacidade de overclocking podemos dizer que é uma board ja com alguma generosidade, embora não apresente muitas fases de aliementação ao CPU, é capaz de “puxar” bem um sistema!

O preço a que ela nos chega ronda os 145€,  aqui pode levantar algumas dúvidas, não só considerando a concorrência mas também pela aposta tardia no que respeita a este socket! Estamos a menos de 1 mês da entrada de um novo socket no mercado e só agora está a chegar às lojas este modelo. Porém não nos tira da idea que este lançamento da série Gaming é apena uma preparação de terreno para o novo chipset Z87!

Por último, o ponto de destaque desta Gaming, a porta de rede Killer E2200, de facto ela apresenta melhor performance ao nível de ping e lag sendo que quando estamos a falar de jogadores de alto nível tudo conta, como tal sem dúvida estamos a falar de uma mais valia a ter em conta…

Tendo em consideração a análise e apenas devido ao facto do “fora de tempo” do lançamento desta nova board não podemos atrabuir um award superior ao bronze!

One Response to MSI Z77A-G45 Gaming

  1. Ming@s says:

    Excelente Review.

    Gostei, mais uma para o mercado.

    Abraço amigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *